Júri

Pedro Almeida

Designer

Portugal, Porto, 1972

Designer de comunicação, professor e investigador. É Professor Auxiliar no curso de design do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, presentemente em licença de investigação com estatuto de interesse público. Colaborou com outras escolas de design, nomeadamente Central Saint Martins University of the Arts London, ENSCI–Les Ateliers Paris, ESAD Matosinhos, PhD Program in Design da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, e The Glasgow School of Art, School of Innovation. Na Universidade de Aveiro foi coordenador do Programa Erasmus+ na área do Design e co-coordenador do Master of European Design (MEDes). Foi membro do Conselho Científico da FBAUP, em representação do Instituto de Investigação em Design Media e Cultura (ID+) no qual é membro integrado. Pós-doutoramento em design no ID+ Centre for Unexpected Media, Universidade do Porto, em colaboração com a Central Saint Martins University of the Arts London, projecto financiado pela FCT (Brand Archives). Doutorado em design pela Central Saint Martins em Londres, com bolsa da FCT, onde lhe foi atribuída uma bolsa de pós-doutoramento do Arts and Humanities Research Council (AHRC, Cultural Engagement Fund). Os seus interesses de investigação cruzam temas do design com a revitalização de indústrias tradicionais, trabalhando os arquivos de marcas e de produtos enquanto ferramentas generativas para o design, as organizações, e o mercado, em particular no setor do calçado. Conta com trabalho de investigação publicado e exposto internacionalmente. A nível pedagógico, desenvolve ferramentas nas áreas da arqueologia de marcas, etnografia industrial, reconstituição e análise de marcas históricas, desenvolvimento de sistemas de identidade visual, semântica dos produtos, métodos de investigação visuais, práticas colaborativas, e design para a revalorização. Enquanto designer, colaborou com um conjunto alargado de designers e organizações em Portugal e no Reino Unido, incluindo grupos empresariais (Sonae, Cifial, Johnstons of Elgin) e editoras de música independentes (Phonica White, Resista Records). Entre outras, desenhou a marca para o Metro do Porto. A manualidade e media analógicos—caligrafia, fotocópia, montagem, luz— caracterizam a sua produção gráfica não editada. Com Helena Caspurro, é co-autor do livro infantil Paluí, histórias sonoras que a língua portuguesa conta.

Fotografia por: ©Carlos Teixeira